Make your own free website on Tripod.com

 E.E.O.G - ESCRITÓRIO DE ENGENHARIA ODAIR GARCIA

   Esgotos           

          

Sempre  dê preferência para um profissional registrado no CREA - Conselho Regional de  Engenharia, Arquitetura e Agronomia !!!                                                Inscreva-se já e aproveite as exclusividades da área de assinantes !!!                                                Em breve, publicaremos projetos prontos para casas residenciais de 2, 3, 4  dormitórios e Alto padrão !!!                                               Acesse nossa área de Links para revista de Engenharia e Construção !!!        Você é nosso visitante no. Hit Counter

Mantemos esse site em freqüente atualização, visite-nos constantemente, pois sempre haverá novidades !!!

[Área em construção]

 

 

   Projeto de Hidráulico de Instalações de Rede de Esgotos Sanitários

No projeto Hidráulico de Instalações de Rede de Esgotos Sanitários serão determinados todos os pontos de tomada de esgotos sanitários, tais como: bacias sanitárias, bidês, ralos, box de chuveiro, pias de cozinha, tanque, saída de máquinas de lavar roupa e pratos.

Será determinada, especificada e dimensionada a tubulação necessária para a interligação e deságüe dos dejetos provenientes desses equipamentos da obra, e ainda, apresentada a declividade e velocidades necessárias para o normal escoamento nessas tubulações..

As tubulaçõess para execução de redes de esgotos mais utilizadas são as de PVC - tipo branco esgoto, contudo podem, em outros tipos de obra ser de PVC rígido série R, canos de ferro fundido, manilhas de barro, etc...

Os despejos provenientes de pias de cozinha ou pias onde haverá a possibilidade de escoamento de gorduras, normalmente, antes de desaguarem nas tubulações, passam por um outro elemento que retém as gorduras, denominadas "caixas de gordura", que pode ser simples (para residências e outras pequenas obras) ou coletivas para edifícios e indústrias.

O ponto de deságüe final desses dejetos será diretamente ao coletor de serviços públicos quando o terreno permitir o escoamento em sentido da calçada e à viela sanitária quando o terreno tiver o escoamento voltado para o sentido dos fundos do terreno.

Viela Sanitária é uma faixa do terreno, aos fundos ou na lateral, destinada à construção do coletor público de esgotos e da rede de captação de águas pluviais. Essa providência só é necessária para terrenos que tenham caída para os fundos. Essa faixa de terra reservada para viela sanitária é de 3 metros de largura, por toda a extensão do terreno. Nessa faixa não se permitem a construção de nenhum tipo de edificação, salvo condições especialíssimas convenientemente aprovadas e autorizadas pelas concessionárias de serviços públicos de água e esgoto das cidades onde pertencer a obra.

As tubulações de esgoto propiciam a formação de gases desagradáveis, por isso, todas elas devem receber especial proteção e atenção, implantando-se elementos como ralos sifonados e tubulações de ventilação para a retirada desses gases.

A diferença entre ralos secos e sifonados, é que o primeiro não impede a passagem de gases, já o segundo por ser provido de fecho hídrico impede totalmente a passagem dos gases.

Os projetos de instalação hidráulica de esgotos sanitários, deverão obedecer na íntegra o que prescreve as Normas Técnicas da ABNT - Associação Brasileira de Normas Técnicas, bem como as determinações das concessionárias desse serviço público.

 

 

Envie mensagem a engodairgarcia@directnet.com.br com perguntas ou comentários sobre este site da Web.
Última modificação: 22 March, 2004