Make your own free website on Tripod.com

 E.E.O.G - ESCRITÓRIO DE ENGENHARIA ODAIR GARCIA

   Construção           

          

Sempre  dê preferência para um profissional registrado no CREA - Conselho Regional de  Engenharia, Arquitetura e Agronomia !!!                                                Inscreva-se já e aproveite as exclusividades da área de assinantes !!!                                                Em breve, publicaremos projetos prontos para casas residenciais de 2, 3, 4  dormitórios e Alto padrão !!!                                               Acesse nossa área de Links para revista de Engenharia e Construção !!!        Você é nosso visitante no. Hit Counter

Mantemos esse site em freqüente atualização, visite-nos constantemente, pois sempre haverá novidades !!!

[Área em construção]

 

 

Cuidados com a Construção propriamente dita

É muito comum nas construções residenciais, sobretudo nas mais simples, usar-se o expediente de contratar diretamente os pedreiros e outros profissionais ou sub-empreiteiros, buscando com isso uma economia no custo da obra, e deixando ao encargo deles toda a administração da condução técnica e administrativa da obra. Muitas até possuem o projeto "copiado" de uma outra obra, ou ainda desenhado "no papel de pão" pelo seu proprietário, evitando assim até o concurso de profissionais habilitados. Nem precisamos dizer que legalizar a obra nos órgão competentes nem pensar.

Esse ato traz um sem número de problemas futuros na execução, e pós obra. O pessoal que nela trabalha sofre constantes riscos, a obra é feita sem os mínimos cuidados técnicos e sem previsão de custos, sem a correta escolha e utilização dos materiais a serem empregados, riscos de infrações e multas dos órgãos públicos e grandes problemas na hora que necessitar-se dos documentos legais do imóvel..

Como conseqüência disso, haverá desperdício de material e mão-de-obra, portanto, mais custo; a residência não satisfará o padrão mínimo de higiene e ventilação e iluminação, necessário ao mínimo de conforto, solidez e segurança. Com o passar do tempo, aparecerão umidades em pés de paredes, fissuras e trincas em paredes e lajes, vazamentos de água pelo telhado e paredes, curtos-circuitos em instalações elétricas, conta de energia alta, chuveiros sem pressão para funcionamento perfeito, enfim, um mal estar tão grande que jamais compensará a economia pretendida inicialmente.

Não esqueça nunca que de acordo com o Art. 1245 do Código Cível Brasileiro, os construtores responderão pela garantia de 05 (cinco) anos em relação à solidez e segurança da obra, bem como pela qualidade dos materiais aplicados. Assim, torna-se claro que a maior prova que qualquer das partes pode ter é um bem elaborado, especificado e legalizado Contrato de Construção.

Procure obrigar a ser mantido na obra um Diário de Obras, e nele diariamente anotar tudo o que for conversado, pedido, instruído, materiais solicitados e entregues, especificação e quantidade de pessoal de obra em atividade no dia, enfim, tudo sobre a obra, prevenindo assim litígios futuros. Anotar também os dias de chuvas e outras dificuldades que realmente impediram no todo ou em parte, os trabalhos de obra nesse dia. Essa informação será necessária para quando quisermos avaliar se uma determinada obra está ou não com o cronograma atrasado.

Evite modificações na obra durante o seu curso, pois, além de atrasos você terá aumento de custos de mão-de-obra, desperdícios de material, atraso na entrega da obra, bem como prejuízos por ter que demolir o que já está pronto. Por isso é necessário antes, um exaustivo estudo do projeto, como já dissemos.

Nunca permita que se "encubram" as tubulações hidráulicas, sem que antes, se tenha instalado a caixa d'água e testado todas as tubulações contra vazamentos.

Na instalação dos azulejos e pisos obrigue os profissionais a utilizarem espaçadores para garantir o perfeito alinhamento das juntas.

Prefira sempre pelos materiais de qualidade comprovada. Em construção quase sempre, o barato sai caro, contudo, também não adianta o melhor material, se não for aplicado por mão-de-obra realmente qualificada. Evite o "deixa comigo", ou "fica frio", "estou careca de fazer isso", "sempre fiz assim", etc...

Ao contratar o construtor, empreiteiro ou sub-empreiteiro não deixe nunca de visitar outras obras executadas por ele, e o mais importante, procure falar pessoalmente com o proprietário do imóvel indicado.

Faça de tudo para contratar a mão-de-obra com o fornecimento de nota fiscal de serviços. Para entender porque?, não deixe de visitar a seção "Cuidados/Legalização".

Não permita início de trabalhos de pintura sobre massas de revestimentos ainda não completamente secas.

 

 

 

 

Envie mensagem a engodairgarcia@directnet.com.br com perguntas ou comentários sobre este site da Web.
Última modificação: 22 March, 2004